O Instituto de pesquisa Qualibest divulgou recentemente um estudo para entender quem é e qual o papel do influenciador digital. A pesquisa ocorreu no primeiro semestre desse ano, com 4.283 pessoas, de ambos os sexos, com idade superior a 18 anos, das classes A, B e C, de todo o território nacional.

Os influenciadores digitais são pessoas que produzem algum tipo de conteúdo para a internet e se popularizam nas redes sociais, como: Facebook, Instagram, Youtube e outras.

Dos participantes da pesquisa, 71% segue algum influenciador, sendo a maioria dos respondentes mulher. Outros fatores que impactam nesse hábito são,

1 – Idade: 81% dos jovens de até 19 anos estão conectados com influenciadores;

2- classe social: 79% pertencem a classe social A.

A confiança dos consumidores na hora da compra se baseia em fontes off-line, como amigos e parentes (56%), sites de opiniões (37%), sites e blogs oficiais da marca (30%). No entanto, influenciadores digitais são fontes de informação importantes nesse momento, 55% dos entrevistados afirmam buscar o ponto de vista de um influenciador antes de comprar um produto, 86% já descobriu um novo produto por meio de um influenciador e 73% já comprou um produto por indicação de um influenciador digital.

Nem sempre se pode considerar que os segmentos que têm maior número de influenciadores serão os que vão gerar maior número de vendas. No entanto, algumas categorias ou temas específicos, como, viagem e turismo, ciência e tecnologia, design e decoração, notícias e política e meio ambiente, onde existem seguidores mais seletos e de maior poder de compra, acabam de fato adquirindo ais produtos e serviços.

O poder dos influenciadores é alto e ainda pode crescer, basta olhar qualquer mídia para encontrar notícias sobre os influenciadores e suas opiniões. A independência, fala livre e descompromissada é o que atrai muito dos consumidores, apesar de saberem que muitos recebem patrocínio das marcas.

É preciso olhar atentamente o movimento desses influenciadores. O tempo irá dizer se vão continuar ganhando seguidores e confiança, ou se acabarão se afastando da proposta, à medida que se tornam somente porta vozes de marcas.

Na Equilibrium é realizamos um trabalho exclusivo com os microinfluenciadores (perfil com até no máximo 100 mil seguidores). Idealizamos ações talor made para sua marca e produto, desde a escolha dos influenciadores, até a curadoria de conteúdo para o projeto, gerando mais valor ao consumidor, um consequente engajamento e credibilidade às marcas. Marque um café conosco para conhecer um pouco mais sobre esta ação 😉

Fonte: Instituto Qualibest