O público masculino vem se destacando como consumidores em potencial e chamando a atenção de diversas marcas de produtos de cuidados pessoais. Antes coadjuvante para o mercado de moda e beleza, os homens têm migrado dos produtos tradicionais- vestuário e calçados- e conquistando um universo que era quase exclusividade das mulheres.

Segundo uma pesquisa produzida pela Minds and Hearts, da Officina Sophia, aumentou o consumo de produtos relacionados a cuidados pessoais e de beleza pelo público masculino. De acordo com o estudo, cresce a demanda por produtos “tradicionalmente” destinados às mulheres, como esfoliantes, redutores de celulite e base corretiva.

O mercado ainda apresenta poucas novidades para atrair e fidelizar esse público, que não é facilmente conquistado, 89% dos participantes da pesquisa gostariam que as empresas entendessem melhor as necessidades masculinas e 80% afirma que os produtos “for men” não apresentam inovação ou criatividade em suas embalagens.

É nítido o crescimento de barbearias especializadas nas grandes capitais. Um novo mercado que vem movimentando o setor e arrastando produtos de cross category consigo. Por exemplo, jogos, bebidas, roupas esportivas, etc… é possível encontrarmos uma gama de produtos nestas barbearias que conversam muito com seus frequentadores.

O mercado precisa mergulhar nos diferentes tipos de shopper que estão presentes nas lojas e e-commerce entender suas jornada de compra, suas dores e valores, conseguindo assim pensar com produtos disruptivos e que atendam as expectativas e desejo deste novo consumidor

Um dos locais preferidos do público para compra desses produtos são os site e-commerce, que oferecem maior privacidade, tempo de pesquisa e maior oferta de marcas. As empresas e profissionais que investirem nesse público tendem a conquistar uma quantia considerável de homens em busca de produtos e serviços de qualidade.

Fonte: Mundo do Marketing