Uma pesquisa conduzida pelo Instituto Brasileiro de Defesa do Consumidor (IDEC) em março deste ano revelou que das 14 das marcas de biscoitos estudadas, apenas três continham farinha de trigo integral ou cereal como o principal ingrediente (o primeiro da lista): seis biscoitos tinham mais farinha refinada do que integral e cinco nem continham farinha ou cereais integrais em sua fórmula. No entanto, esses alimentos não estão em desacordo com a legislação visto que a Resolução nº 263/2005 não estabelece critérios para declaração de integral.

Baseando-se nesta premissa, o IDEC abriu entre os dias 09 e 21 de novembro uma pesquisa online para conhecer a opinião dos consumidores sobre o tema e reunir ideias para a elaboração de critérios para que um alimento possa ser considerado integral. O IDEC ainda não informou uma data para divulgação dos resultados.

“Como encaminhamento da reunião promovida pela Anvisa, o Idec elaborou essa pesquisa virtual para saber qual a opinião da população sobre o tema. Os resultados serão encaminhados à Agência e servirão como subsídio para avançar com a regulamentação”, declara a nutricionista Ana Paula Bortoletto do IDEC.

FONTE: INSTITUTO BRASILEIRO DE DEFESA DO CONSUMIDOR (IDEC)