As mulheres da geração millennial  entre 25 e 34 anos com maior poder aquisitivo, tem grande interesse pela retirada de parabenos e outros ingredientes químicos do xampu, quatro em cada dez mulheres dessa geração afirmam preferir produtos free from. Esse interesse pode ser decorrente do fato de muitas consumidoras já terem sofrido no passado, danos químicos nos fios de cabelo, o que as torna mais receptivas as fórmulas conhecidas como free from.

De acordo com o Banco Global de Novos Produtos (GNPD) da Mintel, a participação de novos produtos para cuidados com o cabelo com o posicionamento de free from mais que dobrou entre 2013 e 2017. No entanto, no Brasil, a quantidade de produtos lançados com esta alegação são inferiores à média global, embora tenhamos visto marcas de xampu sem sulfato como Gllendex, versão low-poo do xampu e condicionador Seda Natura Reidratação da Unilever e a linha Vichy com 0% de sulfatos, parabenos e corantes da L’Oréal.

Outra funcionalidade que pode ganhar destaque entre os consumidores é o combate à poluição. Um em cada cinco consumidores está interessado em usar xampu antipoluição, mas menos de 2% dos novos produtos capilares lançados em 2017 mencionaram essa caracteristica em suas descrições.

Fonte: Mintel