A Mind Miners divulgou um estudo recente sobre as marcas preferidas de alimentos e bebidas dos brasileiros. Com o título “A geladeira do brasileiro”, o estudo foi realizado em dezembro com 1.000 pessoas de todo território nacional, de ambos os sexos, com idades entre 18 e 41 anos e classe social A (15%), B (15%), C (40%) e DE (1%).

Na categoria ‘laticínios’ as marcas preferidas são Nestlé (68%), Danone (51%) e Itambé (35%). Em seguida aparecem Vigor (30%), Italac (25%) e Parmalat (23%). Na categoria ‘chocolates e doces’ a Nestlé aparece novamente em primeiro lugar com 74%, seguida de Lacta com 58% e Garoto com 51% da preferência. Em ‘refrigerantes’ a Coca-Cola lidera com 65% de preferência, seguida por Antartica (42%) e Fanta (35%). Na sequencia aparecem Pepsi (25%), Sprite (20%) e Kuat (14%). Na categoria de ‘pães e torradas’ a Bauducco aparece na liderança com 63% da preferência, seguida por Club Social com 30% e Visconti com 23%. Wickbold e Vitarella aparecem com 19% e Panco com 18%. Em ‘embutidos e congelados’ a Sadia lidera com 74%, seguida por Perdigão (66%) e Seara (56%). Na sequencia aparecem Aurora (26%), Massa Leve (10%) e Rezende (8%).

Os hábitos de compra também foram avaliados e os resultados mostraram que 36% dos entrevistados vão às compras uma vez por semana. Em relação a plataforma escolhida para a compra, 85% dos participantes nunca comprou alimentos e bebidas pela internet por motivos como: “gosta da experiência de ir à loja ver os produtos” (51%) e “receio de os produtos chegarem estragados/amassados” (38%). Porém, mais de um terço que ainda não compra pela internet, pretende comprar. E como já era de se esperar, a crise econômica afetou os hábitos de compra do consumidor brasileiro, 64% dos entrevistados deixaram de comprar algum item como carne, chocolate, refrigerante e bebidas.

Identificar as preferências e hábitos de compra do consumidor é essencial para auxiliar na elaboração de estratégias de marketing mais eficientes das marcas e que podem proporcionar experiências de compra mais completas para o seu público. Avalie todos os pontos de influência e interferência na jornada do consumidor, com certeza uma ação pode ser realizada em cada um deles. Conte conosco nesse planejamento 😉

Fonte: Propmark