Nos últimos anos o setor de alimentos tem se deparado com grandes transformações. E não precisa ir muito longe para ver essa mudança, basta pensar nas suas compras e itens que encontra nos supermercados, farmácias e lojas de conveniência nos últimos três anos. Perceba a quantidade de produtos mais naturais, proteicos, clean label, veganos e sustentáveis que provavelmente passaram a fazer parte da sua cesta de compras. E uma quantidade explosiva de novas marcas, são start ups que surgem a todo momento, criadas por empreendedores cheios de propósito, novas tecnologias e ideias.

Além disso, o consumidor também mudou. Sua exigência engloba tudo que está relacionado ao produto, ou seja, o processo produtivo, as causas defendidas pelo fabricante, a comunicação das marcas, enfim, todos os itens que antes eram vistos como secundários, agora possuem igual importância e fazem parte da experiência de consumo. O consumidor está amadurecendo e ressignificando suas escolhas alimentares.

Todo esse movimento do mercado e do consumidor, impulsiona diferentes elos dessa cadeia a participarem e colaborarem para este processo de inovação. E desde o ano passado, nós da Equilibrium Latam, desenvolvemos e co-organizamos o Prêmio Start-Up Innovation Challange em parceria com a FiSA (Food Ingredients South America).

O prêmio tem como objetivo de prestigiar, incentivar e conectar as start ups com grandes players e contribuir para o desenvolvimento das inovações em alimentos no Brasil. Recentemente, a Caroline Martinelli do nosso time de Novos Negócios, participou do Comitê Técnico responsável por selecionar os finalistas para concorrer ao prêmio. Importantes nomes do segmento também fizeram parte deste comitê, como Euromonitor, SENAI, ITAL, Naturex, Ingredion, M Dias Branco, entre outros.

Foram avaliadas trinta e cinco inovações nas categorias Ingrediente e Produto Mais Inovador. Confira abaixo alguns destaques:

1 – Nanotecnologia: muito mais em menos: A tecnologia e os avanços da ciência têm possibilitado o desenvolvimento de soluções que potencializaram a entrega de nutrição. Como a nanotecnologia, que significa “engenharia a uma escala muito pequena”. Um nanômetro é a bilionésima parte de um metro.

A Yosen Nanotecnology apresentou uma solução de nanotecnologia contendo Ômega-3 obtido de alga com alta concentração de DHA que pode ser utilizado tanto na fortificação de alimentos e bebidas, como também na forma de um suplemento alimentar. A solução torna o óleo Ômega-3 solúvel em água e, portanto, pode ser facilmente adicionado em qualquer meio líquido.

2 – Plant Based: muito além do vegetarianismo: Este mercado está em crescimento acelerado e é responsável por grandes inovações! Engana-se quem ainda acredita que são produtos feitos apenas para vegetarianos e/ou veganos. Produtos à base de vegetais são para todos e permitem ampliar o repertório de uma alimentação saudável.

A Vida Veg apresentou o primeiro Grego Veg do Brasil feito à base de coco, disponível em dois sabores: tradicional e morango. O produto entrega indulgência e quebra barreiras com sabor muito similar a versão convencional.

Já a NoMoo apresentou dois novos spreads, a NoMayo e a NoButter, como o próprio nome diz, são alternativas veganas a maionese e a manteiga. Os produtos utilizam técnicas de Gastronomia Molecular e Food Science e destacam-se pelo ótimo sabor.

A Tensei, apresentou sua linha de Salsichas Veganas feitas com “tripa” de celulose disponível em três sabores: cenoura e quinoa orgânica; grão de bico, ervilha e levedura e feijão, girassol e funghi.

A Paixão Vegana apresentou três produtos: o primeiro foi a carne de jaca como  ingrediente para substituir o frango; o segundo foi a coxinha de jaca pronta e terceiro foi um bolinho de chuchumarrão, feito à base de chuchu com algas que remetem o sabor de camarão.

 A Belive também apresentou três novos produtos: Cookie Bar Proteico, feito com um mix de proteínas vegetais; Brownie Proteico sem Açúcar e a linha Veggie Snacks com uma proposta inovadora para o segmento de “salgadinhos”, que oferece um mix de vegetais, proteínas vegetais e sem adição de ingredientes artificiais. Os pontos fortes a serem destacados são o ótimo sabor e o preço acessível, democratizando o acesso a produtos saudáveis.

A start up Neve Sem Clara apresentou a “Aquafaba”, água do cozimento do grão-de-bico como alternativa a substituição da clara do ovo em preparações.

3 – Reinvenção das bebidas: Após a primeira revolução do setor das bebidas com a onda das cervejas artesanais, as opções alcoólicas passam a inovar para atender aos anseios do novo consumidor – uma das maiores oportunidades de crescimento – e que ainda existem lacunas para novas marcas: as bebidas sem álcool.

A Kefiran Spritz trouxe a linha de sucos potencialmente probióticos com grãos de kefir, disponível em três sabores: uva verde, uva roxa e água de coco com gengibre. O produto traz a proposta de uma bebida saudável com sabor que remete a espumantes.

A 5 Beer possui uma uma cerveja artesanal, sem glúten, com PANCs (Plantas Alimentícias Não Convencionais), e a ora-pro-nóbis para agregar valor e muito sabor!

A Nexbev traz os drinks alcoólicos em cápsulas para você preparar na sua máquina Nespresso. A start up desenvolveu a patente para produção de cápsulas com conteúdo alcoólicos e apresentou a versão Quentão, que faz parte de uma linha composta por opções como: vinho, whisky, cachaça, conhaque e rum.

4 – Comida de causas: ajudando pessoas e o planeta: O consumidor quer fazer escolhas conscientes, saber e entender a lista de ingredientes dos alimentos. E mais do que isso, ele busca por produtos saudáveis e que promovam o bem-estar ambiental e social. As empresas, por sua vez, estão aproveitando este momento para se posicionar e divulgar o propósito de suas marcas.

A Yo.u Foods traz para o Brasil a primeira linha de sopas prontas para beber, inspirada no mercado internacional de “Vegetable Drinkables”. Resgate e modernização do conceito atual das sopas, a linha promete auxiliar no consumo diário de vegetais, oferecendo mais de 300g em uma garrafa, contribuindo para que mais brasileiros passem a comer mais vegetais. A empresa possui forte compromisso com a sustentabilidade e prioriza o uso de vegetais imperfeitos, ou seja, aqueles que estão “fora dos padrões estéticos” mas nutricionalmente perfeitos, a fim de otimizar os resíduos gerados.

A Awi Superfoods apresentou o sorbet de açaí que mistura vários Superfoods, batata doce alaranjada (orgânica), graviola, camu camu, ora-pro-nóbis, extrato de guaraná, concentrados de cenoura e de mirtilo. A marca trabalha o conceito de nutrição (r)evolutiva e busca um impacto regenerativo na Amazônia e no planeta com apoio a causas sociais e ambientais.

A MANDALA é uma empresa especializada em produzir e fornecer alimentos seguros para alérgicos, tudo começou com a necessidade de uma mãe, a Adriana Fernandes, que dedicou-se a encontrar soluções para alimentar seu filho que nasceu com múltiplas alergias. Nesta oportunidade, o destaque foi o Brownie de feijão preto.

5 – Experimentando o mundo: Comida é uma linguagem global, nos remete a memórias e pode criar experiências jamais pensadas. Inclusive, experimentar sabores e preparações mundialmente apreciadas.

É o que propõe a QPOD, com o lançamento da Lotus Pop – Pipoca indiana feita a partir das sementes da flor de lotus, considerada uma superfood e utilizada na medicina ayurveda e chinesa há mais de 3000 anos.

A Umilk – Moo apresentou o primeiro iogurte skyr do Brasil, originário da Islândia. O produto contém menos soro e apresenta textura mais consistente. O skyr é preparado com quatro vezes mais leite do que o iogurte natural e duas vezes mais do que o tipo grego.

E diante de tantas inovações, acesso à informações e cada vez mais concorrentes no mercado, atrair, conquistar e reter clientes tornou-se ainda mais desafiador. Temos, de fato, um futuro bastante complexo, mas também empolgante e cheio de possibilidades.

Parabéns aos empreendedores que estão revolucionando o setor de alimentos e ao Time da Fi South America, por incentivar e fortalecer a inovação no Brasil.

Ficou curioso para conhecer os finalistas dessa edição? Confira aqui a lista completa. Conheceremos os vencedores dia 20 de agosto na Fi South América. Faça o seu credenciamento gratuito e online e conheça de perto os ganhadores. Ah, e aproveite para visitar o nosso estande (rua 6, estande 100) e participar do Innovation Tour conosco.

Nos vemos lá!